Saiba Mais:

ACNE: MITOS E VERDADES

 

 A acne é uma doença inflamatória da pele que pode acometer indivíduos da infância até a idade adulta. Essas lesões quando não tratadas ou conduzidas de forma inadequada podem provocar cicatrizes inestéticas importantes.


A intensidade varia de poucas lesões a quadros graves, causando comumente constrangimento e dificuldade de relacionamento. Têm sido relatado casos de depressão e baixa estima resultante desse acometimento o que dificulta a socialização desses indivíduos.

 
 Ao aparecimento das primeiras lesões é recomendado procurar o médico dermatologista para uma investigação das possíveis causas e instituição de um tratamento adequado.


Em alguns pacientes se identifica alterações hormonais ou sintomas como aparecimento de pêlos pelo corpo, queda de cabelo e irregularidade menstrual, sugestivas da Síndrome dos Ovários Policísticos.


O stress do dia a dia ou situações que comprometam a estabilidade emocional desses pacientes exercem um papel importante, muitas vezes agravando as lesões.

 

A utilização de cosméticos que aumentem a oleosidade da pele como maquiagem, condicionadores e cremes para pentear ou ainda óleos de massagem podem precipitar o aparecimento da acne.


 A manipulação das lesões com as mãos, com o objetivo de eliminar os cravos, está contra indicada, podendo piorar a inflamação e provocar cicatrizes. Bem como não é recomendada a utilização de formulações caseiras ou a auto-medicação.
 

A Dermatologia apresenta um amplo arsenal de tratamento para esses casos, sendo o tratamento médico mandatório. A escolha do medicamento ideal está na dependência da gravidade e da resistência a tratamentos anteriores.


Alimentos como o chocolate não mostraram até o momento ter um papel de piora sobre as lesões.

 
Muitas vezes o tratamento tópico com sabonetes, antiinflamatórios, antibióticos e ceratolíticos é suficiente, em outros casos há a necessidade da administração de comprimidos. Portanto ao aparecimento das primeiras lesões procure um profissional habilitado para evitar as complicações.

 

PSORÍASE

 

Psoríase é uma doença inflamatória da pele que  pode atingir homens e mulheres, crianças e adultos e qualquer cor de pele. 
   

O indivíduo nasce com a tendência para desenvolve-la em alguma fase da sua vida e comumente as lesões aparecem na presença de uma instabilidade emocional ou situações de estresse e ansiedade. Essa predisposição o acompanha durante toda vida com períodos de exacerbaçãos  e acalmia das lesões, muitas vezes com seu desaparecimento total.    
   

Pode acometer a pele , o couro cabeludo, as unhas e as articulações. Na pele provoca placas avermelhadas e  descamativas acompanhadas de coceira pelo ressecamento . No couro cabeludo pode ser confundida com caspa, já que libera escamas a escovação . Nas unhas pode ser confundida com acometimento por fungos por mudar a coloração, causar descolamento e torna-las quebradiças.
   

A psoríase não é contagiosa nem tem influência com a ingesta de qualquer alimento.
   

A escolha do tratamento tópico ou sistêmico está na dependência da gravidade. Muitos casos são tratados apenas com fototerapia, expondo as lesões a uma fonte luminosa com tempo pelo dermatologista.
   

Loções hidratantes, cremes de corticóides, derivados da vitamina D, imunomoduladores e muitos outros são utilizados qunado as lesões são limitadas.A utilização inadivertida de cremes de corticóides, sem acompanhamento médico, por longo tempo podem provocar efeitos colaterais e piora do quadro.
   

Medicamentos ingeridos estão indicados para os casos mais graves e resistentes aos tratamentos anteriores. O metrotrexate, o acitretin e os imunobiológicos são algumas das drogas utilizadas.
   

O alerta é não se automedique e ao aparecimento de qualquer mancha ou irritação procure o médico dermatologista. A automedicação pode ter conseqüências dramáticas tanto na psoríase como outras doenças da pele.

 

CORREÇÃO DA UNHA ENCRAVADA

    

O encravamento da unha é uma queixa freqüente nos consultórios dermatológicos. Na grande maioria das vezes o processo é provocado pela manipulação incorreta pela manicure ou pelo próprio indivíduo resultando em um crescimento esponjoso e sanguinolento na lateral do dedo chamado de granuloma.


Sapatos apertados, traumas ou anormalidades no formato do dedo ou da unha podem provocar também o problema.
   

O único profissional médico avalizado para tratar a unha encravada é o dermatologista. 
   

O tratamento domiciliar, erguendo a lateral da unha e posicionando um chumaço de algodão, pode aliviar os quadros mais leves. A tentativa de tratá-la  com podólogos pode ser arriscada, principalmente na vigência de infecção, quando se faz necessário  a utilização de antibióticos.
   

O tratamento realizado pelo dermatologista basea-se na remoção do granuloma e neutralização da sua fonte causadora. A cauterização da lesão, a fenolização da matriz e a cirurgia convencional são os tratamentos mais difundidos para esse problema. 
   

Não é recomendada a remoção da unha para tratar o processo. Muitas complicações podem advir dessa prática, inclusive sua deformidade permanente por traumatismo da matriz.

 

CORREÇÃO DE CICATRIZES

   

As cicatrizes são provocadas por traumas, cirurgias ou ainda resultante de reações inflamatórias na pele como acne, catapora ou furúnculos.
   

Essas lesões podem se apresentar escurecidas, mais claras que a cor da pele, elevadas ou deprimidas, havendo a necessidade da associação de tratamentos para uma melhoria do seu aspecto.
   

Durante muito tempo essas marcas eram reconhecidas como permanentes, sem potencial de apresentar melhora, porém a evolução das técnicas hoje possibilita uma melhoria importante. 
   

O tratamento baseia-se na melhoria da coloração e textura da pele, bem como correção da depressão ou relevo da cicatriz.
   

A remoção cirúrgica está limitada a casos bem definidos, já que alargamneto e piora da cicatriz podem resultar dessa prática, observado freqüentemente naqueles com tendência a quelóide.
   

Os tratamentos domiciliares com alguns ativos podem apresentar uma modesta melhora.
   

A utilização de clareadores, peelings, abrasão, subincisão (descolamento da depressão da cicatriz) , enxertos com gordura ou derme, preenchimento com produtos sintéticos e outras técnicas fazem parte do arsenal de tratamentos disponibilizados pela Dermatologia.
   

A infiltração de corticóide, realizada no consultório médico, está reservada àqueles casos de cicatrizes elevadas.
   

O LASER e a Luz Intensa Pulsada também são boas opções como finalizadores do tratamento.

 

PEELINGS

    

O peeling é um procedimento que objetiva remover de forma controlada as camadas mais superficiais da pele e estimular a produção de colágeno.
   

A escolha do produto a ser utilizado e a profundidade atingida pelo peeling depende de que lesão está sendo tratada e qual o objetivo do tratamento, portanto eles podem ser superficiais, médios ou profundos.
   

Os peelings se prestam ao tratamento de rugas superficias e profundas, cicatrizes de acne, estrias, rejuvenescimento global da face,  clareamento, melhoria da textura da pele e  outras indicações.
   

É um procedimento simples , realizado no consultório pelo médico dermatologista e permite ao paciente voltar as atividades logo em seguida a intervenção. A descamação dos peelings superficiais é muito sutil e não compromete as tarefas do dia a dia. Quando o procedimento é superficial ou médio não necessita anestesia ou sedação, que nos mais profundos são utilizadas. O ardor provocados pelos peelings superficias é muito leve e dispensa a utilização de analgésicos. 
   

A microdermoabrasão, conhecida como Peeling de Cristal é realizada com um aparelho que dispara um jato de cristais e suga as células envelhecidas e danificadas da pele, freqüentemente utilizado em associação com os peelings químicos. 
   

A proteção solar é mandatória após o procedimento. Recomenda-se a utilização de filtro solar de amplo espectro com FPS superior a 30 e evitar exposições excessivas como praia e piscina nos 8 dias seguintes ao peeling superficial.

 

 

Onde estamos

 

RECIFE: Empresarial - International Business Center - Av. Agamenon Magalhães, nº2.939 - Salas 403/404 - Espinheiro

Tel: +55 81 3242-4419 | (81) 9.9998-3097.

 

SÃO PAULO: Av. das Nações Unidas, nº12.399 - 8º andar - Cj. 82-B - Brooklin

CEP: 04578-000 | Tel: (11) 3384.6216 e 3384.6217.

 

CARUARU: Empresarial Pernambuco - Rua Saldanha Marinho, nº1.535 - Maurício de Nassau - Tel.: (81) 3045-3600 e 3721-4210.

 

SIGA-NOS

  • Facebook Classic

/marianaderma

  • Facebook Classic

/emerson.lima

  • Facebook Classic

/clinicaandradelima

Poduzido pela Mendonça Comunicação