CORREÇÃO DA UNHA ENCRAVADA

O encravamento da unha é uma queixa frequente nos consultórios dermatológicos. Na grande maioria das vezes o processo é provocado pela manipulação incorreta pela manicure ou pelo próprio indivíduo resultando em um crescimento esponjoso e sanguinolento na lateral do dedo chamado de granuloma.



Sapatos apertados, traumas ou anormalidades no formato do dedo ou da unha podem provocar também o problema.

O único profissional médico avalizado para tratar a unha encravada é o dermatologista.

O tratamento domiciliar, erguendo a lateral da unha e posicionando um chumaço de algodão, pode aliviar os quadros mais leves. A tentativa de tratá-la com podólogos pode ser arriscada, principalmente na vigência de infecção, quando se faz necessário a utilização de antibióticos.

O tratamento realizado pelo dermatologista baseia-se na remoção do granuloma e neutralização da sua fonte causadora. A cauterização da lesão, a fenolização da matriz e a cirurgia convencional são os tratamentos mais difundidos para esse problema.

Não é recomendada a remoção da unha para tratar o processo. Muitas complicações podem advir dessa prática, inclusive sua deformidade permanente por traumatismo da matriz.


Por Emerson Lima e Mariana Lima


#unhaencravada #dermatologia #pé

5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo