CORREÇÃO DE CICATRIZES

As cicatrizes são provocadas por traumas, cirurgias ou ainda resultante de reações inflamatórias na pele como acne, catapora ou furúnculos.


Essas lesões podem se apresentar escurecidas, mais claras que a cor da pele, elevadas ou deprimidas, havendo a necessidade da associação de tratamentos para uma melhoria do seu aspecto.


Durante muito tempo essas marcas eram reconhecidas como permanentes, sem potencial de apresentar melhora, porém a evolução das técnicas hoje possibilita uma melhoria importante.


O tratamento baseia-se na melhoria da coloração e textura da pele, bem como correção da depressão ou relevo da cicatriz.


A remoção cirúrgica está limitada a casos bem definidos, já que alargamento e piora da cicatriz podem resultar dessa prática, observado frequentemente naqueles com tendência a queloide.


Os tratamentos domiciliares com alguns ativos podem apresentar uma modesta melhora.

A utilização de clareadores, peelings, abrasão, subincisão (descolamento da depressão da cicatriz), enxertos com gordura ou derme, preenchimento com produtos sintéticos e outras técnicas fazem parte do arsenal de tratamentos disponibilizados pela Dermatologia.

A infiltração de corticoide, realizada no consultório médico, está reservada àqueles casos de cicatrizes elevadas.


O LASER e a Luz Intensa Pulsada também são boas opções como finalizadores do tratamento.


Por Emerson Lima e Mariana Lima


#cicatrizes #dematologia #ipca

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo